Magic Judge Monthly: Fevereiro de 2017

Caros Juízes,

Este mês temos uma série de atualizações, especialmente se fores um TO sem uma conta da Wizards. Também é altura de nos despedirmos dos GPTs e da maneira antiquada de reportar IDs apenas como 0-0-3. Mais algumas dicas acerca de como se pode modificar a camisa de Juiz e mesmo assim manter o aspecto profissional.

Como sempre, boas leituras,

A equipa do MJM


Magic Judge Monthly 01.12Importantnull

Perda dos GPTs e o Regresso dos Nacionais

Os Grand Prix Trials estão fora de cena, como um Emperor Crocodile sem amigos, mas os Nacionais foram ressuscitados!  O link tem todos os recursos de que precisas para verificares rapidamente as mudanças e um sítio para deixares o teu feedback em relação a estas alterações.  Há preocupações em que os Juízes de Nível 1 tenham dificuldades em encontrar eventos que os ajudem a progredir; este post no forum das Judge Apps discute essas preocupações e outras questões relacionadas.  

Atualização Crítica do WER (para TOs)

Existe uma atualização em curso para o Wizards Event Reporter.  Dia 21 de Março é o dia do Juízo Final, mas este artigo pode ajudar-te e à tua loja a prepararem-se. Se tens algumas questões ou preocupações este post nas Judge apps pode ser bastante útil.

Onda Exemplar 9 Aberta

O programa Exemplar anuncia que a Onda 9 abre os seus braços acolhedores para todos os extraordinários Juízes que fazem coisas extraordinárias.  Esta onda fecha a 2 de Maio, portanto tens tempo suficiente para testemunhar e recomendar colegas Juízes pelas coisas fantásticas que eles tenham feito.

Da secretária do PC (PC Desk)

O blog do Program Coordinator é gerido por – tu adivinhaste – o colectivo dos Coordenadores do Programa.  Este mês inclui informação útil acerca do exame de manutenção para L2 e um link para o formulário de feedback de Juízes: uma ferramenta útil para os jogadores darem a sua opinião, positiva ou negativa, acerca de um Juiz.  

Magic Judge Monthly 01.12Documents

Artigos e Blogs de Juízes de Fevereiro de 2017

  1. Artigos: Gestão de Eventos Paralelos de Domingo – SE Manager (Antes do Evento), Spoiler Exclusivo de Modern Masters 2017 dos Juízes de Magic, Card do Mês – Sword of Feast and Famine, Então queres fazer um quiz?, Investigando como os Pros, Relatório da Conferência de Liderança Regional de 2016 – Zemun, Sérvia
  2. Conferências de Juízes: Contando Histórias 2: O Mentor e Superando a Ansiedade de Desempenho
  3. Forja do Campo de Batalha: Uma Investigação ou Duas…, Relatório de Torneio: PPTQ Nashville@Montpellier, França e Um Rápido Relatório do GP Chiba
  4. Guias de Viagem para GP: GP Barcelona 2017, GP Pittsburgh 2017, GP San Antonio 2017, GP México 2017 e GP Shizuoka 2017
  5. What’s Up, Docs: Grand Prix de Construído e Procedimento de Deck Check no Pro Tour, Considerações de Draft em Massa, parte 1: Ser Juíz e Considerações de Draft em Massa, parte 2: Anunciar o Draft
  6. O Feedback Loop: Educando um Estudante, A Qualidade é a Sua Própria Qualidade, Feedbag #11: Exemplars vs. Reviews e Adaptando o Feedback para Juízes que Aspiram ser Níveis 2
  7. Knowledge PoolGideon’ Up5, 6, um Jogo de MikadoA Dieta Eldrazi e Negativo, Queller, o Cemitério está Cheio
  8. Outros blogs e streams: O Fazendeiro Élfico, Conselhos de Regras de Magic,  Um Mundo de Magic. Podes encontrar mais blogs de juízes no Portal de Blogs

Caso gostasses de discutir um artigo, visita o nosso Forum de Juízes. Não te esqueças de visitar regularmente o nosso Blog de Juízes.

Judgecast  


Magic Judge Monthly 01.12Community

Feliz Aniversário! Fevereiro de 2017

Parabéns à segunda onda de aniversariantes deste ano! Em destaque na fornada deste mês estão Johnpaul Adams, John Alderfer, Alejandro RaggioGavin Duggan.

Juiz da Semana de Fevereiro de 2017

O que te leva a ser Juiz e Pensar em ser Nível 2?

Enfrentado muitas vezes com esta questão, Nathaniel Lawrence mostra que a razão pela qual somos juízes está muito relacionada com o papel que assumimos durante os eventos.

Se desejares avançar de Nível 1 para Nível 2, esta discussão está repleta de experiências e aborda a questão de simplificar as transições em si. É possível que devesses estar preparado para a mudança que afecta as vidas de mais juízes do que qualquer outra.

Ser Juiz e a Religião

Embora seja recomendada como uma das duas coisas sobre as quais ninguém deve falar, a religião foi abordada nesta thread iniciada pelo Michael Bauman. Vê se consegues aprender ou contribuir qualquer coisa sobre a tua fé e a sua relação com o Programa de Juízes, aqui.

Camisas de Manga Curta

O título deste tópico era “Camisas de Juiz de Manga Curta”, mas o resultado desta discussão começada pelo Lyle Waldman é suficiente para que toda a gente saiba o que podem fazer com as suas camisas pretas e o que devem discutir com os TOs, relativamente a assuntos de vestuário.


Magic Judge Monthly 01.12Answers

Perguntas colocadas durante o mês de Fevereiro e uma Resposta [O]ficial, só para ti!

1. Na porção de eliminação simples de um torneio, o que acontece se um jogador fosse perder segundo a regra de “morte súbita” enquanto controla um Exquisite Archangel?


R: Ele perderia o jogo na mesma, já que a regra de morte súbita é equivalente a uma Perda de Jogo na medida em que ultrapassa todas as regras nas RA (da mesma forma que um Platinum Angel não te pode proteger da morte súbita). Tal como os seus antepassados, o Exquisite Archangel não pode impedir que um jogador perca para as regras de morte súbita numa partida de eliminação simples com tempo.
Aprovado por Callum Milne

2. Se o JA diz “combate?”, isso pode ser considerado missed trigger, para cartas como o Weldfast Engineer?


R: O Weldfast Engineer exige um alvo. As IPG dizem o seguinte relativamente a habilidades desencadeadas que exigem alvo: O controlador tem de anunciar essas escolhas antes de passar prioridade.

Efectivamente, tem de se escolher os alvos quando se colocam as habilidades desencadeadas na stack – por isso, fazer algo que só poderia ocorrer depois dessa habilidade ter desencadeado, sem anunciar alvos, é uma indicação de essa habilidade foi falhada (Missed Trigger). Dizer “Combat, alvo FOO com o Engineer” está correto – Se FOO já é uma criatura artefacto, isto é. Dizer apenas “Combate” e depois tentar fazer crew é uma falha de duas frentes – primeiro, falha-se a habilidade do Engineer por não dar alvo; segundo, passa-se imediatamente para a etapa de Declarar Atacantes, sendo demasiado tarde para fazer crew.

Moral da história: se controlares um Weldfast Engineer, deves fazer crew aos teus Veículo(s) antes de dizeres “Combate?”, e indicar o(s) alvo(s) no tempo certo.
Roses are Red
Delver is Blue
You said “Combat”
Too late to Crew!

Muitas pessoas estão a ficar confusas, devido a outra recente habilidade desencadeada da etapa de início de combate – Toolcraft Exemplar. Isto é uma habilidade que afeta o jogo de forma não visível; ela cumpre os critérios dos primeiros 3 pontos e claramente encaixa no quarto, por isso: O controlador tem de tornar explícita a mudança na primeira vez que essa mudança tenha um efeito no estado de jogo visível.

Embora eu não goste deste meio de comunicação, as regras permitem ao JA dizer “Combate?” e não mencionarem a sua habilidade desencadeada; quando o oponente passa prioridade, o JA pode dizer “A habilidade do Exemplar resolve, é agora um 3/2, vou vira-lo para fazer crew ao Heart of Kiran, e atacar…“ (o JNA pode interromper isso e responder ao crew, ou responder depois de o crew resolver.)

Gostaria muito mais que os jogadores dissessem ”Combate, Trigger“ e apontassem para o que quer que fosse desencadeado – o Exemplar, neste caso. Comunicação clara vai ser sempre benéfica para os juízes que terão de resolver a situação. De qualquer forma, há uma (muito pequena) vantagem estratégica em fazer o teu oponente pensar que te podes ter esquecido da habilidade, por isso … meh.

Por favor, ensinem os vossos jogadores a fazer crew (ou animar terrenos, etc.) durante a sua Fase Principal. Existem muito poucas exceções, e a maioria delas são raras. O (Toolcraft Exemplar é uma exceção, e não é rara, o que torna o nosso trabalho mais difícil.)

Devemos, por isso, encorajar comunicação mais clara.

Devemos sobretudo, tentar garantir que eles sabem aquilo que devem saber – não apenas o atalho do ”Combate?”, mas as MTR na íntegra; No ponto 1.10, as MTR Dizem “Os jogadores são responsáveis por …. se familiarizarem com as regras contidas neste documento.”

Tenho ouvido imensas reclamações de que os jogadores não se deviam surpreender sobre como realmente funciona “Combate?”. Essa linha das MTR discorda, e eu também. Eu compreendo que alguns fiquem surpreendidos, e que nós devemos ser gentis (mas firmes!) quando os educamos – porque, no limite, se vais jogar um torneio competitivo, deves saber as regras.

Aprovado por Scott Marshall


3. Durante um PPTQ de Standard o Andy chama um juiz porque, no turno anterior, se esqueceu de colocar o seu Veteran Motorist no seu cemitério (que foi morto em combate por ter bloqueado um Toolcraft Exemplar). Isto é uma GRV (W) e podemos aplicar a seguinte resolução: Se um objeto estiver numa zona incorreta, ou devido a uma mudança de zona necessária ter sido perdida ou devido a ser colocado na zona errada durante uma alteração de zona, a identidade do objeto era conhecida por todos os jogadores e pode ser movido com pouca interrupção para o estado do jogo, coloque o objeto na zona correta. Andy, no entanto, controla um Rot Shambler e esta criatura já estava no campo de batalha na altura em que o erro foi feito.

Quando aplicamos a correção de GRV, pode uma habilidade relacionada com a situação desencadear ou não? Noutras palavras: uma correção de um juiz pode ser considerada uma ação/evento de jogo?


R: Quando aplicamos correções, com ou sem backups simples, por vezes saltamos ações de jogo; anularíamos as habilidades desencadeadas que ocorreram se fizermos o backup antes das habilidades, e permitimos que as habilidades aconteçam quando aplicamos correções parciais.

Nota, no entanto, que Andy tem de se lembrar da habilidade de Rot Shambler – o juiz não é responsável por indicar isso.
Veteran MotoristToolcraft Exemplar

Aprovado por Scott Marshall


4. Num PPTQ perto de ti, António joga Oath of Nissa, pega em 3 cards, coloca 2 no fundo e o outro na sua mão sem revelá-lo. Os jogadores chamam um juiz. Depois de descartar a hipótese de batota, o que irias decidir como Infração/Penalidade/Correção?

R: A mais recente mudança de política inclui esta linha de texto (artigo aqui):

Agora que temos correções mais elegantes, essa abordagem já não é necessária, por isso retiramos a linha “não repita a ação”. Agora, se eu colocar esse card na minha mão, a mão é revelada e o oponente seleciona um card. Se é um terreno, está resolvido. Se não for, esse card é misturado no baralho… e faço a procura novamente, esperemos que corretamente desta vez.

Embora isto não seja uma procura, é muito fácil para nós repetir a instrução da mesma maneira. Podemos pegar no card escolhido pelo JNA, até mesmo deixar o JNA escolher um card que não seja um terreno, criatura, ou planeswalker, e então o JA olha para aquele card e os dois últimos cards do fundo do baralho. Nesse ponto o JA precisa de revelar uma escolha válida desses três cards, ou colocar todos os 3 no fundo.

Ainda é HCE, um warning e definitivamente vale a pena uma investigação – especialmente se nenhum dos cards na mão do JA cumprir os critérios de Oath of Nissa.

Aprovado por Scott Marshall



Magic Judge Monthly 01.12Policy

Introduzir Empates Intencionais no WER

Tem sido o caso que os empates intencionais são relatados como 0-0-3. Na atualização mais recente para as MTR, as notas de versão indicam que também se pode usar o botão de resultado “0-0” no WER para introduzir um empate intencional e este seria relatado como 0-0-1. Qual será a maneira mais apropriada de introduzir um empate intencional? Lê mais aqui.


Magic Judge Monthly 01.12Project

Descobre quais as Conferências de Juízes, Grand Prix e SCG Opens que têm posições disponíveis! Ainda tens tempo para te candidatares ao Grand Prix Toronto 2017, The 7th Annual BeNeLux Judge Conference e The MKM Series Frankfurt 2017 Judge Conference.

Consulta as Solicitações para Grand Prix e Pessoas Selecionadas para mais detalhes em torneios individuais.

Projetos públicos tais como: Projeto Panda, Equipa de Formação a Apresentadores, Inquéritos a JogadoresTutor MísticoTradução MJMConquistas de JuízesFlash CardsDiretrizes e Políticas de Conferência e outros estão à procura de ajuda.

Se quiseres obter mais da tua experiência como Juiz e de ajudar a comunidade, inscreve-te em algo que te interesse!

Traduzido por Diogo Santos, Nuno Falcão e Cunha, Inês Aguiar Branco e Nuno Ribeiro.