The Bloodbraid Sculptor

Henrique Bejgel

Henrique Bejgel

Recentemente duas cartas bem poderosas foram desbanidas no formato Modern – Jace, o Escultor de Mentes e Elfo Tranças-de-sangue – o poder individual dessas cartas é acompanhado por uma certa complexidade causada pelas suas habilidades, e o objetivo desse artigo é explicar como solucionar dúvidas e erros que podem surgir com esses (nem tão) novos staples do Modern.

Bloodbraid Elf

Cascata é uma habilidade que a primeira vista pode parecer simples, mas pode gerar alguma confusão, principalmente de comunicação ou entendimento das regras sobre prioridade e pilha.

Uma das principais causas de confusão, principalmente para as pessoas que nunca jogaram com habilidade de Cascata, é que esta habilidade vai para a pilha e (geralmente) resolve antes mesmo da mágica original. O que acontece é que primeiramente a habilidade de cascata é desencadeada, no momento em que a elfo é conjurada. Ou seja, assim que a carta for colocada na pilha e seu custo de mana for pago, a habilidade irá desencadear e portanto (eventualmente)resolver antes da criatura em si. Aqui podemos esperar alguns erros de comunicação, como por exemplo uma pessoa tentando anular a elfo antes da habilidade de cascata resolver.

Anulando Cascata

Irá existir um espaço de tempo no qual tanto a elfo quanto a carta que foi cascateada estarão na pilha ao mesmo tempo e ambos os jogadores terão prioridade para conjurar algo antes que resolvam. Cartas como Controfluxo podem ser usadas para anular ambas, mas também é possível anular uma ou outra individualmente com cartas como Aprisionar ou Comando Críptico.

Resolvendo Cascata

Resolver a habilidade de cascata é relativamente simples, mas um certo cuidado deve ser tomado. Precisamos lembrar que Cascade é uma habilidade desencadeada, o que significa que seu efeito ocorre somente na resolução da habilidade. Desta forma é sempre importante pedir uma confirmação antes de resolver a habilidade.

Porção conhecida


Quando as cartas vão para o fundo, mesmo sendo em ordem aleatória, elas são conhecidas pelos jogadores e portanto qualquer infração futura que resulte em um embaralhamento da parte aleatória do baralho deve levar em consideração as cartas conhecidas que estão no fundo do baralho.

Primeiro os cards devem ser exilados um a um do topo do grimório até que um card com custo de mana convertido menor (no caso da elfo, menor que 4) ser revelado. É importante lembrar que cartas sem custo de mana como Visão Ancestral ou Morte Vívida tem custo de mana convertido igual a zero e portanto podem ser conjuradas se forem reveladas pela habilidade de cascata. Uma mudança de regras recente nas regras estabelece que o custo de mana convertido de split cards fora da pilha é a soma do custo de mana de cada metade do card. Portanto cartas como Arrebentar/Retumbar não podem ser conjuradas a partir da habilidade de cascata da elfo.

Cards que aumentam o custo de mágicas ou custos adicionais irão se aplicar às mágicas cascateadas. Por exemplo, se houver uma Thalia na mesa e eu cascatear uma Liliana do Véu, terei que pagar (1) para poder conjurá-la.

Outro ponto é que a carta revelada não precisa ser conjurada se a pessoa controladora da habilidade não desejar. Nesse caso ela permanece no exílio junto com as outras cartas que foram reveladas, e que serão colocadas no fundo do grimório de maneira aleatória.

Lidando com os erros mais comuns

Os erros a seguir estão baseados no uso do IPG (GPI, em português) e só devem ser aplicados em torneios de REL Competitivo.

Revelando mais cards do que o necessário

Se um jogador revela cartas a mais do que ele deveria ele cometeu um Erro de Jogo – Olhar Cards Extras, todas as cartas reveladas incorretamente devem ser embaralhadas junto com a parte aleatória do deck e então a habilidade de cascata volta a ser resolvida normalmente. Uma Advertência deve ser aplicada. Lembrando que as cartas reveladas corretamente e não conjuradas irão para o fundo do deck após este ter sido randomizado, permanecendo no fundo do mesmo.
Esquecendo de randomizar as cartas exiladas que vão para o fundo do deck.
Nesse caso foi cometido um Erro de Torneio – Embaralhamento Insuficiente. Uma advertência deve ser aplicada e embaralhe as cartas que não o foram.

Conjurando uma carta com custo de mana convertido maior do que o permitido

Nesse caso a infração cometida é um Erro de Jogo – Violação De Regra Do Jogo, uma advertência deve ser aplicada. Se o erro for percebido imediatamente a carta conjurada deve voltar para o exílio e a habilidade de cascata deve continuar sendo resolvida normalmente. Caso contrário um retrocesso pode ser considerado se for simples o suficiente e o outro jogador deverá receber uma advertência por Erro de Jogo – Falha em Manter o Estado de Jogo.

Jace, The Mind Sculptor

Jace é um dos poucos planinautas que possuem 4 habilidades (e uma música). Cada uma delas é relativamente simples, mas abrem brechas para alguns erros bastante comuns.

Ele entra em jogo com 3 marcadores de lealdade, e esse número é interessante pois pode fazer com que alguns jogadores queiram usar um Raio para tentar destruir o Jace antes que alguma habilidade seja utilizada. E para estas pessoas, infelizmente, isso nem sempre é possível. Após uma mágica ou habilidade resolver (no caso Jace entrando em jogo é uma mágica resolvendo) a prioridade volta para o jogador ativo, que tem imediatamente a chance de ativar uma das habilidades antes do jogador não-ativo receber a prioridade.

Seria possível utilizar um Raio para destruir o Jace antes de uma de suas habilidades serem ativadas se o jogador ativo passasse prioridade antes de ativar uma dessas habilidades ou se ao entrar em jogo o planinauta fizesse alguma outra habilidade desencadear.

Fateseal

A habilidade +2 do Jace tem este nome por conta da keyword Fateseal(CR 701.20), que faz quase a mesma coisa (Fateseal é apenas em oponentes, enquanto o +2 dá alvo em jogador).

+2: Olhe o card do topo do grimório do jogador alvo. Você pode colocar aquele card no fundo do grimório daquele jogador.

Um aspecto importante dessa habilidade é que ela tem como alvo um jogador, então ela não pode ser ativada tendo como alvo jogadores com resistência à magia, como por exemplo um jogador controlando uma Leyline of Sanctity. Se isto acontecer a infração é um Erro de Jogo – Violação De Regra Do Jogo.

Olhar mais de um card

Um erro que pode acontecer ao ativar essa habilidade é olhar mais do que um card do topo. Nesse caso a infração cometida é Erro de Jogo – Erro de Card Oculto, cuja penalidade é uma Advertência. Para corrigir esse erro o oponente do jogador deverá escolher dentre todos os cards vistos aquele que deveria estar no topo, os outros devem ser embaralhadas na parte aleatória do deck. O jogador que cometeu a infração então decide se coloca esse card no topo ou fundo do grimório de seu dono.

Lembre-se que a carta que foi colocada no topo ou fundo é conhecida por um dos jogadores, portanto qualquer infração que resulte em um embaralhamento da parte aleatória do deck deve considerá-la (e deixá-la de lado).

Brainstorm

O famoso Brainstorm. Muitos exemplos do IPG usam essa carta/habilidade como exemplo, algumas dúvidas que ela pode causar. Esta habilidade do Jace possui o mesmo efeito da carta Brainstorm, e por isso é comum que as pessoas, ao ativarem a habilidade, digam “Brainstorm”.

0: Compre três cards, depois coloque dois cards de sua mão no topo de seu grimório em qualquer ordem.

E este é um efeito que tem um grande potencial de erros envolvido.

O jogador compra 4 cartas ao invés de 3

Nesse caso foi cometido um Erro de Jogo – Erro de Card Oculto. Nesse caso o jogador que cometeu a infração irá receber uma advertência e terá que revelar a mão para seu oponente escolher uma carta que será embaralhada na parte aleatória do deck. Feito isso a habilidade continua resolvendo normalmente e duas cartas da mão devem ser colocadas no topo.

O jogador compra 4 cartas ao invés de 3 e coloca 2 da mão no topo

Essa situação é similar a anterior, a mesma infração foi cometida mas nesse caso as cartas colocadas no topo são retornadas a mão do jogador e então a mão é revelada para o oponente que faz o mesmo procedimento do caso anterior.

O jogador compra 3 cartas mas esquece de colocar 2 da mão no topo

Nesse caso foi cometido um Erro de Jogo – Violação De Regra Do Jogo. O jogador que cometeu a infração irá receber uma advertência e deverá colocar duas cartas de sua mão no topo de seu grimório. Essa correção parcial não tem prazo para expirar, ela deve ser aplicada assim que o erro for percebido. Se o oponente do jogador que cometeu essa infração não a aponta imediatamente ele também deve receber uma advertência por Erro de Jogo – Falha em Manter o Estado de Jogo.

Bounce

-1: Devolva a criatura alvo para a mão de seu dono.

Essa é uma habilidade bem simples, vale lembrar que o alvo dela pode ser uma criatura controlada por qualquer um dos jogadores.

Ultimate

-12: Exile todos os cards do grimório do jogador alvo, depois aquele jogador embaralha sua mão no próprio grimório.

Como a mão do jogador se torna o grimório dele ela deve ser suficientemente randomizada e seu oponente tem de ter a chance de embaralhar a mesma. Lembrem-se que essa habilidade também dá alvo em um jogador e portanto uma Leyline of Sanctity impede que ela seja ativada tendo esta pessoa como alvo.

É isso pessoal, essas (nem tão) novas adições ao Modern vão certamente mexer muito com o formato, espero que possamos educar os jogadores para não cometerem erros usando essas cartas!

Um abraço!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

You will not be added to any email lists and we will not distribute your personal information.